segunda-feira, dezembro 22, 2014

Azevias sem glúten - Natal #6

Estes doces lembram-me a avó, mesmo! Era ela que sabia todos os truques e todas as manhas destes doces típicos de Natal. Fazem-me lembrar a forma doce e carinhosa com que os fazia, e eu miúda sempre à volta dela, talvez a aprender qualquer coisa, ainda sem saber. Tenho muita pena de não ter escrito estas receitas. Se ela cá estivesse não tinha duvidas que teria a melhor das melhores receitas de azevias sem glúten, só para mim e testada o ano inteiro! Fazer estes doces é uma forma de me lembrar dela. 


Ontem à noite deu-me para tentar fazer azevias sem glúten, passei algum tempo na Internet à procura de uma receita que achasse boa, fiz um mix daqui e dali e deu nisto. Testei a massa que me saiu mesmo bem, fácil de estender e não pegava ás mãos, coisa difícil nestas massas sem glúten, certo?


Fiz duas ou três (as que estão na fotografia), para ver se não rebentavam, nem se partiam enquanto fritavam. As restantes congelei já prontas a fritar antes da noite de Natal.

Quanto aos recheios recebi uma compota caseira e muito gulosa de doce de chila, da prima Rosarinho, e pensei usar no recheio destas azevias, o que funcionou mesmo bem. Para quem não quer ter muito trabalho com o recheio esta é uma ótima ideia!

O outro recheio é de batata doce com amêndoas moídas, ficou ótimo também.
Experimentem, depois de fritas ficaram estaladiças por fora e muito docinhas por dentro.





O que vamos precisar (cerca de 35 azevias):
500 gr de farinha sem gluten Schar Mix It
uma pitada de sal
metade de um pacote de fermento para pão da Schar
2 colheres de sopa de banha
1 colher de sopa de azeite
2 ovos
1 cálice de agua ardente
1\4 de colher de sobremesa de goma xantana
30cl de agua
1 casca de laranja

Recheio 1
Compota de chila

Recheio 2 
10 cl de água 
230 gr de açúcar
400 gr de batata doce
1 colher de chá de canela
100gr de amendoa moida
4 gemas
raspa de 1 limão

Mãos na massa:

Para fazer o recheio de Batata doce:
Cozer as batatas em agua. Escoar a agua, retirar a pele e reduzir a puré.
Juntar ao puré, raspa de um limão, canela, amêndoa e misturar tudo. Adicionar as gemas e voltar a misturar até que tudo fique homogéneo.

Levar ao lume a agua e o açúcar e deixar por um minuto. Juntar o puré anterior a esta calda e mexer sempre (+- 2 a 3 min) até obter o ponto estrada. Está pronto!

Massa:
Ferver a água com a casca de laranja, durante uns minutos. 
Num recipiente aquecer um pouco a banha com o azeite. Juntar à farinha e envolver.

Na MFP, colocar 20cl de agua (reservar a restante para o caso de ser necessário) o cálice de agua ardente e a farinha por cima dos líquidos (com a banha e o azeite).
Adicionar o sal e o fermento, não esquecer que não se podem misturar. Colocar de um lado da cuba o sal e do outro o fermento. Não esquecer a goma xantana.

Escolher o programa de amassar para 1h30m, á medida que o programa inicia, juntar os ovos um a um.
Ir tomando atenção ao apecto da massa, se estiver muito grossa adicionar mais um pouco da agua que reservaram. Se estiver muito mole ir adicionando mais um pouco de farinha.

Assim que o programa terminar deixar descansar a massa por mais uma hora.

Polvilhar a bancada, onde se vai estender a massa, com farinha. 
Retirar um pouco de massa da cuba da maquina e trabalha-la um pouco na bancada até desprender das mãos.
Quando pronta, colocar uma folha de papel vegetal, entre a bancada e a massa e comecei a estender com a ajuda de um rolo. A folha é opção mas que acho que nestas massas sem gluten é uma excelente ajuda.

Com uma colher de sobremesa retirar um pouco de recheio, colocar sobre a massa e fechar como se fossem rissóis. 
De seguida é só fritar e polvilhar com açúcar. 

Partilho algumas fotos, via telemóvel, para verem o aspecto da massa. A ultima foto já prontas a congelar.







*Bj sem espiga

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada Lucente, ficaram lindas e muito saborosas. Fiquei mesmo satisfeita ;)

      Eliminar
  2. Obrigada pela receita Lipita. Não percebi a elaboração do recheio de batata doce quando diz: Levar ao lume a agua e o açúcar e deixar por um minuto. Juntar o puré anterior a esta calda e mexer sempre (+- 2 a 3 min) até obter o ponto estrada. Não refere a quantidade de agua nem de açúcar para a calda ou terei percebido mal? Obrigada e Boas Festas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana, claro que não percebeu mal, de facto esqueci-me de referir essas quantidades - Falha de amador nestas coisas ;)
      Obrigada e já está corrigido na própria receita.
      bj Lipita

      Eliminar
  3. Ola sera que da para fazer com a farinha doves farm ? Obrigada bjinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lídia, penso que é questão de experimentar, ou a que indica ou a farinha multiusos da Nacional.
      bj e um Bom Natal, cheio de saúde e um cantinho, na mesa, sem gluten ;):)

      Eliminar
  4. Ola sera que da para fazer com a farinha doves farm ? Obrigada bjinho

    ResponderEliminar