segunda-feira, novembro 13, 2017

Pão sem gluten

Geralmente faço este pão com esta receita aqui mas como não tinha farinha de arroz coloquei as 100gr da mesma farinha. Ou seja fiz tudo com Schar Mix Pan. Saiu bem mas confesso que gosto mais da outra receita que costumo fazer, tanto de sabor de sabor como de textura.




 

O que vamos precisar:
Líquidos:
50 cl de agua morna, 1 colher de sopa de azeite, 1 colher de sopa de mel.

Sólidos: 
550 gr de farinha Schar Mix Pan, 1 colher de chá de goma xantana, 1 colher de chá rasa de sal grosso, 1 saqueta de fermento Schär


Na cuba da batedeira inserir os líquidos e depois os sólidos, bater por 10 minutos e verter a massa sobre uma bancada polvilhada com farinha e amassar dando-lhe a forma que pretendem. 

Deixar fermentar até que cresça um pouco em forno aquecido a 50ºC. Quando isso acontecer ligar o forno 180ºC e cozer, por 40 a 45 minutos.

Depois é fazer umas belas torradinhas com ele.

*bj sem espiga 

Creme de maçã com canela

Desde que tenho a easy soup da Moulinex, cá em casa, que não comprei mais as polpas de maçã e pêra. Comecei a fazê-las eu e não é que ficam ótimas. Mesmo!!!

  
De manhã, ao lanche, como sobremesa ou ceia... estes boiões são vida!



domingo, novembro 12, 2017

Sopa de ervilhas, curgete e linhaça | easy soup | sem gluten



Pois é! Estou tão satisfeita com o meu novo brinquedo. Com a easy soup da Moulinex há sopa todos os dias cá em casa. A sopa fica feita em 25 minutos e faz-se sozinha, neste tempo adianto o resto do jantar. Não é bom? Eu adoro.

Esta fiz assim:

400 gr de ervilhas +  curgete (até que façam 700 gr de vegetais +-)
Medida mínima de agua ou máxima se quisermos menos cremosidade
1 cebola 
1 dente de alho
1 colher de sopa de linhaça
Azeite q.b.
Sal 

No final, já na tigela, salpiquei com cebolinho e queijo parmesão. 

Bom apetite 
*Bj sem espiga



sexta-feira, novembro 10, 2017

Fondant de chocolate | Sem gluten

Um lanche simples e guloso! 
Este foi com uma amiga que veio visitar-me cá a casa. Um chá, um café e um bolo de chocolate bem húmido por dentro e crocante por fora. Simples e rápido de fazer, ora vejam:




O que vamos precisar:

200 g de manteiga sem sal
200 g de chocolate Nestlé 
150 g de açúcar mascavado
80 g de farinha de arroz
1 colher de sobremesa de goma xantana
1 colher de sobremesa de fermento
4 ovos

Mãos na massa:
Pré-aquecer o forno a 200ºC.

Derreter a manteiga com o chocolate no microondas e reservar. 
Bater os ovos com o açúcar até que fique homogéneo. Acrescentar a mistura de chocolate e mexer bem. Envolver a farinha com o fermento e a goma xantana. 

Forrar uma forma redonda, com papel vegetal e verter a massa de chocolate. Levar ao forno por 20 a 30 minutos, depende dos fornos. 

*Este bolo deve ficar húmido.

Bom apetite 
*Bj sem espiga 

quinta-feira, novembro 09, 2017

Almôndegas de Caril | Sem Gluten

Até hoje não comia almôndegas já feitas, pois contêm ou farinha ou pão ralado pelo meio, mas quando vi estas no Jumbo não hesitei em comprar.


O que vamos precisar:
Almôndegas sem gluten (comprei no Jumbo)
Azeite
1 cebola media
2 dentes de alho
Cominhos
Caril 
Açafrão
Gengibre
Tomates cherry q.b.
Cogumelos frescos (usei Portobelo)
Leite de coco
Cebolinho 
Coentros

Mãos na massa:
Num tachinho com um pouco de azeite fritar as almôndegas. Depois de fritas reserva-las à parte e aproveitar o azeite para refogar a cebola bem picadinha e o alho. Depois de loura  juntar um colher de sobremesa de cominhos, duas de caril, duas de açafrão e uma de gengibre. Mexer até envolver todas as especiarias.

Adicionar os tomates cherry cortados em quartos e os cogumelos em cubos. Envolver na mistura de especiarias e deixar cozinhar um pouco. Temperem com sal a gosto.

Adicionar um pouco de leite de coco e mexer. Logo depois podem introduzir as almôndegas já cozinhadas para que ganhem o sabor do caril. 

Adicionem mais um pouco de leite de coco até mais de metade das almôndegas e deixar cozinhar ate que o molho engrosse um pouco.

Salpiquem com cebolinho e coentros picados.

Bom apetite 
*Bj sem espiga

quarta-feira, novembro 08, 2017

Pão de linhaça Sem gluten

O meu pãozinho sem gluten fresco na mesa da manhã. Rápido e simples de fazer.




Fiz assim:
Líquidos: 
50 cl de agua morna, 1 colher de sopa de azeite, 1 colher de sopa de mel.

Sólidos: 
500 gr de farinha Schar Mix Pan, 1 colher de sopa de linhaça, 1 colher de chá de goma xantana, 1 colher de chá rasa de sal grosso, 1 saqueta de fermento Schär


Na cuba da batedeira inserir os líquidos e depois os sólidos, bater por 10 minutos e verter a massa numa forma de bolo inglês forrada com papel vegetal. 


Deixar fermentar até que cresça um pouco em forno aquecido a 50ºC. Quando isso acontecer ligar o forno 180ºC e cozer, por 40 a 45 minutos.








segunda-feira, novembro 06, 2017

Bolo de aniversário sem gluten | Halloween

Para muitos este fim de semana ainda foi de Halloween e para a Sofia também. A minha mini cliente Celiaca! 



Fez 7 anos pelo meio dos festejos de Halloween e claro que o bolo de aniversario não poderia fugir ao tema. No seu pedido constavam morcegos e uma bruxa, acho que foi satisfeito não acham? 


Parabéns Sofia Linda.







Risoto de bacalhau | Sem gluten



O risoto é um prato que adoramos cá em casa. É um prato reconfortante mas que requer alguma atenção. Fazemos geralmente risoto de cogumelos mas desta vez deu-me para isto, um risoto diferente de bacalhau.
Para que fique perfeito tem de ficar bem cremoso e bem saboroso, para isso escolher os melhores ingredientes faz a diferença.

Em tempos, há muito tempo, fiz um Workshop de risotos o que adorei mal sabia eu que ia ter um marido "devorador" de risotos ahahaahah

Há algumas dicas que aprendi e que vos passo. Os risotos fazem-se com caldos de legumes e nada melhor do que os caldos caseiros. Por exemplo quando cozo legumes e me sobra caldo guardo-o no frigorífico ou congelo, assim tenho sempre caldo para quando nos apetece um risoto. Neste caso o caldo que usei foi o da própria cozedura do bacalhau.






 O que vamos precisar
Uma ou duas postas de bacalhau 
1 copo de vinho branco (200 ml)
1 cebola picada
200g de arroz arbóreo
Sal q.b.
2 c. sopa de azeite
2 c. sopa de manteiga
Queijo parmesão ralado
caldo 
camarões e/ou mexilhões (opcional)

Mãos na massa:
Coze-se o bacalhau na agua que servirá para o caldo do risoto. Quando cozido reserva-se o bacalhau e coa-se o caldo.

Refoga-se a cebola no azeite e na manteiga e adiciona-se o miolo de camarão e o mexilão e deixa-se alourar um pouco.
Junta-se o arroz e deixa-se alourar também. Nessa altura junta-se o vinho e deixa-se o álcool evaporar, até que o arroz absorva todo o vinho. Nessa altura deita-se uma ou duas conchas de caldo ao arroz e fica a cozer até que absorva toda a água, mexendo sempre, quando isso acontecer adiciona-se mais um pouco de caldo até que o arroz absorva tudo de novo, mas sem que parem de mexer ou tirar os olhos do arroz, e assim sucessivamente. Este processo repete-se até que o arroz esteja cozido. Rectifiquem ou adicionem o sal.


O arroz deve ficar al dente mas muito cremoso. Quase no final adiciona-se mais um pouco de manteiga e envolve-se bem. Aqui seria a fase de envolver também um pouco de queijo parmesão, mas em risotos de peixe acho que não funciona por isso não acrescentei. 
Ao servir coloquei cebolinho por cima.

Bom apetite
*Bj sem espiga

quinta-feira, novembro 02, 2017

Bolo de Aniversário Sem gluten | Os Descendentes

Mais um bolo, sem glúten, da serie "Os Descendentes". 



Quando a mãe da Leonor me pediu uma decoração dos descendentes, sobre a personagem favorita da mini cliente e aniversariante tive de ir investigar mais sobre esta serie. E não é que até achei piada a isto, ahaahha parece que os Vilões da Disney (do nosso tempo, alguns vá) tiveram entretanto os seus filhos, os descendentes, e andam por aí a aprontar...

Bolo de pão de lo com buttercream.






quarta-feira, novembro 01, 2017

Oopsies | Pão sem farinha


De tanto ver os oopsies a circular pela internet decidi também experimentar. O famoso pão sem hidratos de carbono, não leva farinha. O famoso pão do mundo fit e da comida saudável que se faz rapidamente e só com três ingredientes. 

E o que são os oopsies? São uma espécie de pão, digo espécie, porque achei a sua textura mais semelhante a uma omelete, mas com uma massa mais suave e leve. Ficam bem fofinhos e podemos fazer sandwiches tal e qual o pão, barrá-los com doce ou queijo creme, manteiga, marmelada, sei lá, o que mais gostarem. 

Podemos usa-los ainda como pão de hamburguer ou como bases de pizza, fica a sugestão. Espero que gostem.


O que vamos precisar:
3 ovos  
90 gramas de queijo quark 
Pitada de sal
levam sementes, por cima, mas optei por não colocar

(quando senti o sabor, depois de feitos, acho que um pouco de ervas e pimenta caía bem, para que gosta)

Mãos na massa:
Bater as claras em castelo com a pitada de sal, para ficarem bem firmes.
Num outro recipiente misturar o quark com as gemas
Envolver lentamente a mistura das gemas nas claras, para que não percam o ar e os nossos pãezinhos ficarem bem fofinhos.
Forrar um tabuleiro com papel vegetal e com uma colher fazer pequenos montinhos de massa, com espaço entre eles, para não pegarem uns aos outros.
Levar ao forno a 160ºC por 25 a 30 minutos até ficarem douradinhos.
depois de os retirarem do forno é barrar um pãozinho com marmelada, queijo creme, manteiga e colocar um outro pãozinho em cima.